> Como abrir uma porta emperrada

Manual Cerrajeria Cerrajero Libro
Manual Cerrajeria Cerrajero Libro

[ad_1]

Como abrir uma porta emperrada

Vamos contar-lhe uma história, não é de contos de fada e se já passou por algo semelhante, com certeza dirá que é uma história de terror. Mas suponha que você seja o protagonista:

Você está em casa fazendo suas atividades comuns no fim de semana, abrindo e fechando portas normalmente. Crianças brincando em uma sala, fazendo coisas infantis, mas de repente você só ouve gritos de desespero vindo da sala; um deles ele ficou trancado no banheiro.

Você corre em seu socorro, verifica que a porta não passou por uma fechadura e ainda está fechada, identifica rapidamente que a porta está emperrada. E quanto ao pequenino, como você o tira? Provavelmente é nesse ponto que você se pergunta algo que todos nós precisamos saber:como abrir uma porta emperrada?

Mas não se preocupe, as respostas estão nas próximas linhas … continue lendo!

Usando o método Lever

Por exemplo, uma porta emperrada pode ser devido a uma fechadura emperrada ou com defeito. Talvez o problema seja uma lacuna de deslizamento; Essa é a parte metálica que sai da fechadura e entra na tranca, mantendo a porta fechada.

Quando a porta está emperrada por causa da fechadura, você tem que usar métodos que a ataquem diretamente, no bom sentido, é claro. Para isso, poderíamos usar o método da alavanca, que consiste em aplicar um pouco de pressão na corrediça para retirá-la da posição fechada e abrir a porta.

Para fazer isso, você precisa de um elemento que possamos inserir entre a fechadura e a moldura da porta, como um cartão de plástico, um raio-X, uma chave de fenda ou uma faca de manteiga.

A verdade √© que por se tratar de uma situa√ß√£o que envolve uma porta emperrada, recomendamos usar o material mais resistente para que voc√™ possa lutar com o trinco. Se houver possibilidade, use a chave de fenda ou, no √ļltimo caso, a placa de pl√°stico. O que deve fazer?

  • Bem, insira a chave de fenda na ranhura da moldura e da porta, acima da trava.
  • Coloque-o na diagonal e fa√ßa um pequeno slide com um pouco de velocidade at√© enganchar na guia.
  • Nesse ponto, gire a ma√ßaneta, se houver porta, caso contr√°rio, insira a chave e gire-a para o lado da abertura ao mesmo tempo em que empurra a trava em dire√ß√£o √† fechadura com a chave de fenda. Ambos os movimentos permitir√£o que a corredi√ßa se reorganize e abra a porta.

Com isso fica claro para nós que o problema era a trava ou corrediça que estava desajustada, por isso é necessário reajustá-la para evitar que volte a travar assim que a porta for fechada.

A primeira coisa é verificar a placa de metal que está fixada na moldura com parafusos, é provável que esteja solta ou tenha se movido. Em caso afirmativo, use uma chave de fenda e coloque-a no lugar, isso permitirá que a trava faça sua transição de trava-trava correta.

Se a placa estiver localizada corretamente, verifique o movimento da trava. Se estiver desalinhado, você precisará desmontar a trava e ajustar o mecanismo solto. Você deve estar ciente de que às vezes o mecanismo interno fica danificado e é por isso que a trava se fecha. Portanto, você provavelmente precisará colocar uma nova fechadura.

Remova as dobradiças

Às vezes o problema não tem nada a ver com a fechadura, as portas também apresentam dificuldades que impossibilitam o funcionamento. Um desnível, por exemplo, pode fazer com que elas se esfreguem no solo ou fiquem presas. Nestes casos, é aconselhável retirar a porta para nivelar, para isso as dobradiças devem ser desmontadas.

As dobradiças são constituídas por chapas planas, as quais se unem por meio de um pino ou parafuso que se aloja no interior dos tubos cilíndricos que as contêm, conferindo-lhes assim um travamento e estabilidade.

  • Para retirar as dobradi√ßas, devemos extrair o pino que as une, para isso devemos levantar a cabe√ßa do referido pino, √© aquela que pode ser vista a olho nu. Com o uso de uma chave de fenda, podemos inseri-lo na pequena fenda que possui e retir√°-lo.
  • Quando conseguirmos destacar a parte superior da cavilha, o resto sair√° facilmente, mas se n√£o, acerte o parafuso colocando a ponta da chave de fenda na parte inferior da cabe√ßa da cavilha, bata com um martelo e a pe√ßa vai terminar de sair.

O mesmo procedimento é repetido para cada dobradiça que contém a porta, pois somente desmontando todas é que você poderá remover a porta.

Devemos mencionar que isso só é possível se estivermos localizados na área onde estão as dobradiças. Ou seja, se tivermos acesso a eles, caso contrário, recomendamos fazer a seguinte técnica.

Arrombar a porta

Outra alternativa que podemos usar para abrir a porta, se o problema não for com a fechadura, é forçar.

Por exemplo, se a porta travar por problemas de umidade, ela tende a travar em áreas específicas, ou seja, se molhar na parte inferior então deve ser apertada apenas naquela parte para que, se puxarmos, o a área superior deve tremer. Se isso estiver acontecendo com você, use um suporte e enganche a parte afetada da porta,

A próxima coisa é mover a porta para o seu local com o suporte e, ao mesmo tempo, puxar a maçaneta para abri-la totalmente.

Obviamente, se a porta abrir na direção oposta, você não deve usar o descanso de mesa conforme recomendado anteriormente. Você precisará usá-lo apoiando a ponta na moldura da porta para que a curvatura impulsione a porta a cada empurrão. No entanto, esse movimento pode quebrar a estrutura, por isso não é altamente recomendado.

O melhor nesse caso é empurrar a porta e o ideal é usar um móvel ou apoiar um dos pés e empurrar com força. Sem chutar porque o impacto pode te machucar.

Você também pode usar o corpo para gerar o impulso, mas use almofadas como apoio.

[ad_2]