Portas blindadas – MANUALCERRAJERO.COM – PORTAS BLINDADAS

Rate this post

[ad_1]

Portas blindadas

No mercado atual encontramos uma grande variedade de modelos e designs de portas blindadas.
Podemos falar sobre as diferenças que os separam (em termos de segurança).
Se falamos de segurança, é inevitável falar de qualidade e / ou quantidade dos materiais que utilizam, empresas ou blindagem, quero esclarecer que depende exclusivamente desta última questão o que potencia uma porta à sua segurança máxima.

Para ser o mais claro possível, cito um exemplo de como existem aqueles que economizam custos são mesquinhos na hora de aplicar materiais de segurança.
Uma boa porta blindada ficará totalmente coberta em seu exterior por uma chapa de aço cobrindo sua totalidade, as demais portas serão cobertas apenas na área da fechadura.
Podemos encontrar a espessura em termos de aço que ficará sob o folheado de madeira em cada porta, serão aproximadamente 2, 2-1 / 2, 3 isso vai depender do designer.
Outras diferenças a serem destacadas serão a forma como a parte interna de cada porta será projetada.
Principalmente este ponto é essencial para fornecer força máxima.

Dentro das portas blindadas é colocado um esquema de nervuras, (estas são comumente chamadas de uma moldura de ferros cruzados uma ao lado da outra para formar um esqueleto interno, estas serão soldadas e estrategicamente localizadas de acordo com o projeto do fabricante, isso dependerá da robustez toda vez).
Outra questão a destacar seria o material que integra o interior de cada porta, como os materiais ignífugos (contra incêndios).

diferentesdise%C3%B1os

puertadesnuda

puertadesnuda2

Para entrar totalmente no reino das aberturas, gostaria de deixar algo claro para você. Todas as portas blindadas, independentemente da marca e / ou modelo, partilham no seu interior um sistema mecânico semelhante em fechaduras multi-âncora.

Mecanismo interno de multi-ancoragem, no qual as ligações serão alojadas e montadas.

multicerraocerro

Estas articulações cumprem a função de um pino, combinarão o seu movimento ao mesmo tempo que a rotação do cilindro e sairão em três posições diferentes, zona superior inferior e zona posterior.
Eles foram projetados para oferecer mais resistência a qualquer tipo de alavanca.

No que diz respeito aos sistemas multi-âncora, quero deixar claro que encontraremos sistemas que atuam com elementos de engrenagem que funcionam em conjunto com seus respectivos cilindros, outros serão projetados com sistemas de cames.
Existem empresas que fabricam os seus próprios sistemas mecânicos, estes são montados em conjunto com os seus próprios sistemas de cilindros, não podendo ser substituídos por outros.

Puertasblindadas clip image001

Aberturas de portas blindadas:

Recomendo a todos vocês que, ao abrir uma porta blindada, nunca remova o buraco da fechadura.
Comento isso porque há empresas que projetam suas portas com um sistema de segurança que atua no momento em que alguém tira a fechadura do lado externo, estas atuam automaticamente em um prego do sistema interno, que só será restaurado com conhecimento prévio em um sistema dessas características.

1 opção de abertura

UMA DAS OPÇÕES MAIS COMUNS USADAS PELOS LOCKSMITHS SEMPRE E QUANDO O CILINDRO PERMITIR, ESTARÁ USANDO AS BARRAS.
ESTA ABERTURA OU MELHOR DISSE O SISTEMA PARA TRABALHAR COM ELE, SERÁ DE CARACTERÍSTICAS IDÊNTICAS AOS MÉTODOS APRENDIDOS ACIMA.

2 opções de abertura
cilindros anti-gancho

Quando encontrarmos esse tipo de cilindro, passaremos diretamente para o uso da broca.
A primeira coisa que devemos ter em mente é identificar muito bem o orifício da fechadura instalado.
Existem portas blindadas que usam buracos de fechadura giratórios, muitas vezes chamados de torção louca.
Com este sistema de fechadura não poderemos entrar com qualquer tipo de mecha, pois ao apoiar qualquer material sobre ela, ela começará a girar, não permitindo que façamos o nosso trabalho.
Diante da presença de uma eventual virada maluca, o que devemos fazer como primeira medida é retirá-la sim ou sim.
Isso só se consegue cortando com um disco de corte, mas para que possamos cortá-lo devemos travá-lo, para que não tenham nenhum tipo de movimento.
Faremos isso travando-a com uma chave de fenda, que deve ser inserida entre a porta e o buraco da fechadura, uma vez que a parte plana da chave de fenda tenha entrado, daremos um golpe nela com o auxílio de um martelo para que ela seja inserida tão profundamente (tenha muito cuidado com o material da porta) quando conseguirmos que o buraco da fechadura esteja imóvel, podemos começar a cortá-lo.
Outros modelos de torneamento malucos, que podemos encontrar no buraco da fechadura, estes foram projetados para evitar a entrada de qualquer tipo de ferramenta que pudesse danificar o cilindro.
Bem, agora vamos quebrar o cilindro, aqui neste ponto vamos encontrar vários pontos através dos quais podemos chegar a entrar

lugaresaentrar

O MESMO SISTEMA DE ABERTURA SERÁ APLICADO PARA QUALQUER TIPO DE MULTIPONTO OU SISTEMA COMPUTADORIZADO

[ad_2]